tumblr_ljlxckkedn1qho75xo1_500_large

ღ "Carta para a atual do meu amor."

Faça ele feliz! É o que eu te peço.
Tive essa oportunidade em Minhas mãos por um bom tempo, mas deixei escapar por entre os dedos. Mas agora ele está nas suas. Cuida dele como eu não soube cuidar.

Desculpa, eu não tenho culpa de amar a mesma pessoa que você ama. Até porque foi você quem chegou depois. Foi você que pegou o que era meu. Mas eu não te culpo, pois foi eu que não soube manter ele perto de mim, aí você chegou. Eu vi a pessoa que amo partindo, e talvez por ser muito nova naquele tempo, eu não soube lutar para não deixar ele ir. Talvez se eu tivesse feito alguma coisa, era ao meu lado que ele estaria hoje, talvez se naquela época eu tivesse a coragem que hoje eu tenho, eu saberia exatamente o que fazer para tê-lo de volta, mas como eu já disse, por ser tão nova, eu fiquei parada olhando ele sair da minha vida sem mover um dedo.

Não vou mentir e dizer que sempre desejei que vocês fossem felizes. Ao contraio, eu desejei do fundo da minha alma, já fiquei sentada em minha cama e aos choros eu orei para que vocês terminassem, porque ele tinha que ser meu outra vez. Eu também já ri quando ficava sabendo de alguma das brigas de vocês, já desejei que ele descobrisse que não adiantava me substituir e viesse correndo para os meus braços, mas também já cai na real e sei que na vida não é que nem nas novelas. Não me culpe, você também desejaria o mesmo se estivesse no meu lugar. Você também iria querer lutar para ter o seu amado de volta se tivesse oportunidade. Queria que soubesse que não tenho nada contra você, apenas amamos a mesma pessoa, e nesse jogo, com o coração na mão eu reconheço que você ganhou. E merecidamente, pois eu não soube lutar. Covardemente, eu te entreguei o amor da minha vida, mesmo sem ter intenção.

Hoje vejo vocês realizando os sonhos que um dia ele tanto sonhou realizar comigo, e estaria mentindo se dissesse que não sinto nada. Hoje não sinto ódio como sentia antes, mas uma onda de tristeza ainda toma conta de mim. Às vezes ainda me pego olhando para o nada, lembrando de todos os momentos perfeitos que vivemos a anos atrás. Não me culpe, eu te disse que não tenho culpa de amarmos a mesma pessoa. E como eu também já disse, eu já o amava antes de você chegar.

Sim, se pudesse fazer alguma coisa para vê-lo chegando de novo, eu faria. Desculpa, mas eu não vou mentir pra você. Você também faria se estivesse em meu lugar. Mas confesso que já me conformei e aceitei que perdi. E hoje sim eu consigo desejar verdadeiramente que o homem da minha vida seja feliz ao seu lado, já que eu não soube segurar a pessoa que mais demonstrou me amar até hoje. Ele que sempre me falou que nunca desistiria de mim, eu não pedi uma única vez pra ele ficar, quando ele decidiu partir. E é esse o arrependimento que levarei comigo até o caixão.

Faça ele feliz moça, cuida dele, esteja ao seu lado sempre que ele precisar. Não desista dele fácil, faça ele se sentir especial, assim como eu fiz ele se sentir, mas no momento em que eu mais precisava demonstrar algo, eu Fugi. Mostre a ele a pessoa maravilhosa que ele é.

Posso está sendo muito ousada em te escrever, peço desculpa por isso também. Mas é que de tanto os outros me falarem da sua insegurança, eu resolvi te falar, que por mais que eu ainda ame a pessoa que hoje é sua, eu não destruiria a sua felicidade, para satisfazer a minha. Não dá pra ser feliz, se a sua felicidade depender do sofrimento de outra. Hoje não mais.
Adeus!!!   

Déborah Ferreira

Menina de 21 anos, que odeia drama, exceto as suas. Um dia um poço de meiguice e fofura e em outros fria e calada. Que fez do caderno e da caneta seus melhores amigos, e do livro o seu companheiro até o fim. Aprendeu a transformar suas experiencias em textos, por não conseguir muito desabafar com pessoas. Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de livraria! Quem gosta de leitura, nunca se sente sozinho. ♥

LEIA TAMBÉM: