image

ღ "E eu vou continuar lutando por Nós."

É só lutar mais um pouquinho. Até o último segundinho. É só continuar tentando por mais um tempinho, mesmo existindo mais motivos pra desistir, do que pra continuar. Eu planejei toda uma vida ao seu lado, eu não posso simplesmente aceitar não ter mais você neles.

Que os dias passem, anos até se for preciso, posso andar um pouco, posso até me distanciar talvez. Nossos caminhos podem até por um momento tomar rumos totalmente diferentes, mas a vida há de fazer aquelas surpresinhas de fazer a gente se trombar por aí.

Eu te quero de um jeito que nunca consegui querer mais ninguém, mesmo tentando de todo jeito. Tentei me enxergar ao lado de alguém que não fosse você, mas não consegui encontrar felicidade nessa imaginação.

É que mesmo doendo às vezes , eu ainda assim prefiro lutar pelo que amo. Por muitas Vezes tentei abrir mão, mas sempre voltava querendo segurar ainda mais forte.

Eu posso ser cheia de mim mesma. Posso ser muito bem resolvida. Posso andar por esse mundo sem ninguém do meu lado, e ainda assim não reclamar um só instante. Mas eu abro mão de qualquer liberdade, pra me prender no seu abraço. Abro mão de qualquer plano que não entre na sua cabeça fechada, se você aceitar fazer parte de todos os outros.

Como dizem, tudo que é mais difícil de conseguir, é mais difícil de perder. E em cada luta sofrida, há uma grande recompensa no final, seja ela finalmente conseguir te ter de volta, ou um grande aprendizado. Eu só quero tentar. Eu só quero no final, não me questionar com a famosa pergunta “e se eu…”

Há dias em que quero jogar tudo pro alto, mas em outros, eu não quero mais tentar querer qualquer outra coisa, só pra substituir todo o amor que sinto por você.

É persistir do nosso jeitinho, sem encher o saco, é insistir do nosso jeitinho, sem se humilhar. É demonstrar a cada dia, um pouquinho do nosso amor, sem parecer louca. É lutar pelo que quer, com as armas certas.

É que enquanto estiver existindo aquele 1% de Chance, e eu tiver aquele 1% de força, e você mostrar aquele 1% de possibilidade, eu não jogarei no lixo, todos os sonhos que sonhei ao seu lado.

image

Déborah Ferreira

Menina de 21 anos, que odeia drama, exceto as suas. Um dia um poço de meiguice e fofura e em outros fria e calada. Que fez do caderno e da caneta seus melhores amigos, e do livro o seu companheiro até o fim. Aprendeu a transformar suas experiencias em textos, por não conseguir muito desabafar com pessoas. Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de livraria! Quem gosta de leitura, nunca se sente sozinho. ♥

LEIA TAMBÉM: