image

ღ "E se de repente você não tiver mais tempo?"

Sempre repetem: “Mas na vida real não é bem assim”. E eu sempre me questiono: “Porque não pode ser? Nem que seja só por um dia, o que custa viver intensamente que nem nos livros e filmes só uma vez?”

Fazer aquela viajem. Fazer aquela “coisa” que você sempre teve vontade. Dizer para aquela pessoa o que à um tempinho está entalado na garganta. Viver aquele momento clichê, que você sempre chora quando ler nos livros de romance ou ver num filme na tv.

Eu sei que é natural pensar: “Como se fosse fácil assim.” Não, não é!
Mas muita das coisas que julgamos ser difíceis, muitas delas nós nem tentamos.

Aquela viagem romântica, ou qualquer outro momento romântico, que está sempre adiando, deixando mais pra frente, pra uma próxima vez, e quando você menos imagina, o relacionamento acaba e você fica com aquele pensamento: “Nós poderíamos ter vivido tantas coisas, e acabamos por deixar rolar, e de repente tudo acabou.”
Ainda mais nesse tempo, em que romantismo realmente é só nas histórias.

E não ter alguém para ter um momento romântico, não significa que você não pode ter momento nenhum. Que tal ter o Seu Momento?! A gente acaba aprendendo a se divertir sozinha, quando começa a amar a sua própria companhia. Uma das provas de amor próprio, é quando você permite se dar de presente, a realização de suas vontades. Mantenha por perto pessoas que amam aproveitar a vida, pessoas que topam momentos agradáveis, e que aceitam quando você faz uma proposta de diversão. Porque de pessoas que só sabem reclamar e não fazem nada pra mudar a situação, encontramos um em cada esquina até sem querer.

Estamos vivendo que nem robôs. Levantando de manhã e automaticamente já fazendo tudo o que sabemos que temos que fazer. E lá se vai mais um dia, em que você não fez mais do que suas obrigações. E nos momentos de lazer, você acaba optando por descansar, o que não é de menos.
Mas e a vida? Eu creio que ela é muito mais do que sobreviver e pagar contas. Estamos sempre deixando coisas que realmente queremos fazer mais lá pra frente, pra outro dia, deixando para quando tiver mais dinheiro, deixando para o próximo ano, deixando para depois que alcançarmos todos os outros objetivos, deixando até para depois da aposentadoria. Mas e se nem até amanhã você conseguir chegar? E se de repente você não tiver mais tempo de fazer absolutamente nada?

Por isso eu digo que viver exige muita responsabilidade para fazer todas as coisas importantes que sabemos que temos que fazer. Mas sem deixar de aproveitar verdadeiramente a vida que tem. E por isso eu sempre me questiono, como eu disse no começo: Porque não pode ser que nem nos livros e filmes, pelo menos uma vez?

Viver pelo menos em um dia, momentos que você sempre desejou realizar, já vale mais do que uma vida inteira em que você viveu simplesmente deixando os dias passarem. 😘

Déborah Ferreira

Menina de 21 anos, que odeia drama, exceto as suas. Um dia um poço de meiguice e fofura e em outros fria e calada. Que fez do caderno e da caneta seus melhores amigos, e do livro o seu companheiro até o fim. Aprendeu a transformar suas experiencias em textos, por não conseguir muito desabafar com pessoas. Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de livraria! Quem gosta de leitura, nunca se sente sozinho. ♥

LEIA TAMBÉM: